Tel: (351) 243 760 712 - E-mail: info@gebece.pt

História da Empresa

Gêbêcê – História da Empresa

História da Empresa - Engº Tancredo Pedroso sócio-gerente e fundador da Gêbêcê

A Gêbêcê, empresa com 31 anos de actividade, criada em 1989, pelo actual e único sócio e gerente, Tancredo Manuel Mascarenhas Pedroso, Eng.º técnico agrário de formação técnica, após ter desempenhado durante os anos compreendidos entre 1981 e 1989 as funções de chefe de vendas da Fassio, Lda., delegado de vendas no Grupo J.J. Gonçalves e posteriormente na Fiatagri Portugal, S.A.

Durante os primeiros dez anos de actividade foram procuradas pela gerência áreas onde a mecanização era ainda desconhecida ou altamente deficitária. Foram procuradas representações no mercado Italiano onde os contactos comerciais, por via Fiatagri eram bastante importantes. Quer em numero quer em qualidade dos produtos.

Assim, e durante esse período a empresa foi líder na mecanização em varias áreas, nomeadamente na cultura de tomate de indústria.
Foram pela Gêbêcê introduzidas no mercado português:

  • Os primeiros semeadores pneumáticos de tomate. Com mais de uma vintena de máquinas vendidas
  • As primeiras colhedoras de tomate. Com mais de um centenar de máquinas vendidas.
  • Os primeiros plantadores do tipo Califórnia.Com mais de três dezenas de máquinas vendidas
  • Os primeiros equipamentos “parte-crostas” de utilização na cultura de milho e outras. Com mais de cinquenta unidades vendidas
  • Os primeiros destroçadores florestais do tipo profissional e semiprofissional. Foram vendidos cerca de vinte equipamentos.
  • As primeiras gruas de aplicação a tractores agrícolas. Com mais de três dezenas de máquinas colocadas no mercado.

Após esse período e por pré-conhecimento da evolução do mercado procurámos novas áreas mas sempre ligadas ao subsector hortícola. A partir do ano 2000 substituímos as representadas italianas por; alemãs, dinamarquesas e inglesas e hoje a empresa é líder no mercado Português na mecanização na área das culturas da batata e cenoura e tem uma posição relevante na cultura da cebola e alho-porro.

Em 2011, por contactos prévios e sempre desde Portugal, estendemos a nossa área de negócio a Angola onde temos como principal cliente a Nuviagro com a sua fazenda Paca na Quibala.
Outros clientes também podem ser referenciados, nomeadamente a Agrolider também na Quibala. Entre plantadores, sachadores/conformadores e colhedoras de batata temos já no mercado Angolano mais de meia dúzia de máquinas, também temos semeadores pneumáticos e colhedoras para cenoura e adubadores.

Back to Top